Traduzir o Blog de Lucia Barros

domingo, 18 de novembro de 2018

Pois é própria essência:


Pois é própria essência:

Não pare os teus passos
Porque quiseram impossibilitar
O otimismo da sua consciência 

Pois é a própria essência:
Que perfuma a sua vida.

Lucia Barros Barros:Lucia Barros
poetaluciabarros@gmail.com

Deixa cantar a tua alma.




Deixa cantar a tua alma
Deixa cantar a tua alma
Cantar a canção de amor
Porque tu não é sozinha (o)
O espírito que te preenche
É que conduz a sua e minha vida.
Lucia Barros.
poetaluciabarros@gmail.com

A porta do coração.





A porta do coração.
2018.
PH: Maria Lucia de Barros.

Por mais que os momentos na vida, não tenham lhe proporcionado, somente alegrias ao lado de alguém.
Jamais desprezes em nem desfaça de ninguém.

Chove carinho, chove amor.




Chove carinho, chove amor.

AH! O vento do final da tarde
Soa nos ouvidos como falando...
Com o ar sereno e frio na face
Mas bom para acalmar...
A alma, alma.