segunda-feira, 24 de abril de 2017

Oh! E nem sabes, tu.




BLOG OFICIAL LUCIA BARROS.

Oh! E nem sabes, tu.
***
PH: Maria Lucia de Barros Gomes.
16/4/2017
*
Oh! E nem sabes, tu.
São, as suas vindas, passageiras
Desta, sua vida corriqueira
Que chega, assim
Encantando-me a alma.

Chega com a tua luz
Resplandecendo, aos meus olhos
Que te admiras
Oh! E nem sabes, tu.

Leio e o releio
Quando, olho-te...
O seu oculto
O seu imaginário...
És-me tu, absoluto
Fantástico.

O prazer da minha vida
Mas não, der-te-ei, eu...
Só, olharei quando chegares
Porque te espero, todos os dias...
Dias de sol e dias de lua.

Porque até os astros, que iluminam o céu
E andam enxergando...
Enxergando em mim, as saudades, tua
Oh! E nem sabes, tu.
Lucia Barros.
(Todos os direitos reservados.)
***

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Então te canto esta canção.


BLOG OFICIAL LUCIA BARROS.

Então te canto esta canção

PH: Maria Lucia de Barros Gomes.
19/4/2017
***
Filho, quando eu cantava você me olhava e me aplaudia
Mas nem sempre eu podia segurar a sua mão
Então saias, pelo corredor em meio às pessoas...
Mas eu te fitava com os olhos meio fechados e meio abertos
E seguia os teus passos em meio a minha canção, ate que você sentava
E sorrindo-me, olhava em minha direção esperando a minha volta...
Para te abraçar e era uma alegria só, em nosso coração.
Fortemente os nossos passos tiveram continuação e não largamos as nossas mãos.
Entre idas e vindas, nos encontramos na felicidade na tristeza e nas perdas e conquistas
Então ame a vida, lute persista e creia na força do realizar e do vencer.
Tudo tem o seu tempo
Sonhe, sonhe bem
Pois, os sonhos não domem, jamais
E saiba, sempre estarei cantando a nossa vida
O nosso amor com gratidão.
Lucia Barros.

Então te canto esta canção.
‘’Todo um Ser. ’’
Então te canto esta canção
E quando ouvires sorrirá
Estando perto, estando longe
É a canção de amor,
De bem querer a vida.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Ó espírito doce.




12/04/2017.

Blog Oficial Lucia Barros.

PH: Maria Lucia de Barros Gomes.

Ó espírito doce.
















Ó espírito doce.


Quero sentir-te, doce espírito
Tu, vem de mansinho...
Iluminando-me, a vida
Com a tua presença...
Que para mim é alva.

Não quero que seja como um labirinto
Diante os meus passos...
Muito menos, aos meus, olhos
Aonde vejo a porta de entrada...
Mas não conseguirei, achar a saída.

É-me, um mundo mágico
Verdadeiro e magnífico
Para mim, a casa és tu
E sei que casa sou eu.

Decifrar-te, para mim é um enigma
E talvez, jamais conseguirei, eu
É como um cofre fechado, a ser aberto.

Mas, sei que batuca, em meu coração
Dentro do sim e do não...
Entre a incerteza e a certeza
Do que dita, a voz...
De meu sentimento, puro
Ó espírito doce.

domingo, 9 de abril de 2017

preciso, eu...





09 /04/ 2017

Blog Oficial Lucia Barros. 
PH:Maria Lucia de Barros Gomes.




Preciso, eu...

Preciso, eu...
De fechar à boca
Trancar o coração
E calar-me a alma.
Mas às vezes,
Eu preciso...
Destrancar o coração
E do fundo da alma
Abrir a boca
E dizer-te, eu te amo.
Lucia Barros.
Todos os direitos reservados.













sexta-feira, 7 de abril de 2017

Eternizados no amor.

BLOG OFICIAL LUCIA BARROS.
***
PH: Maria Lucia de Barros Gomes.
7/4/2017
***

Eternizados no amor.


A fúria da distância
Guia os nossos passos...
Por alguns momentos,
Por alguns dias...
Ou ate meses e anos.


quarta-feira, 5 de abril de 2017

Tudo em nós...



2017

Blog oficial Lucia Barros.
PH: Maria Lucia de     Barros Gomes.



[tudo em NÓS... ]
***




Tudo em nós...

Tudo em nós...
Podem durar momentos
Pode durar a vida inteira...
Como pode acabar em um instante
Mas, o que importa
É que foi assim...
Que nos aconteceu
E eu, fui o seu amor
E você o amor meu.
Lucia Barros.

Doce estrada.



BLOG OFICIAL LUCIA BARROS.

Doce estrada.

*

PH: Maria Lucia de Barros Gomes.

5/4/2017

*
Doce estrada.
 
Pensar que não se acaba
Embala-se, se embala
Sem parar, já não tem jeito
Deste amor que não se cala
E em nossa mente, só se fala.


terça-feira, 4 de abril de 2017

Folhear-me.



Blog Oficial Lucia BARROS. 





 ***
Folhear-me.
Folhear.

PH: Maria Lucia de Barros Gomes.
4/4/2017

***


Agora, deixo-me calar a voz
Para folhear-me...
As páginas da imaginação.
Vale-me, as cores dos sentimentos
E as emoções que me tocam...
No fundo do coração.
Lucia Barros.
***