sábado, 10 de setembro de 2011

Amar só eu te amo





Amar só eu te amo.

Ando contigo pelo mundo inteiro
Pelas praias pelos mares.
Vendo as ondas que vai e vem...
Vendo a chuva que cai
Depois se esconde para o sol nascer,
Fazendo reluzir, o brilho de nosso olhar.

E cada amanhecer nos vem à brisa leve...
Sobre nossos carinhos a acarinhar...
Somente para nós nos amar.


Amarmos sem pensar, sem precisar falar.
Amar porque gostamos de nos amar.

Cavalgamo-nos, nos mais lindos sonhos.
Querendo idealizar...
Desejos mais bonitos.
Deixando se encantar
Com o amor mais belo
Que já se pode encontrar.

Ate olhando o fogo que queima na lareira...
E sobre a luz que vem do luar
Sobre cantos e encantos
Que nos fazem mais felizes...
Mais sóbrios na paixão
E mais e mais se apaixonar.

Não nos deixando invadir a solidão...
Porque é bom amar.
E saber que temos sempre que nos lembrar
Sorte de quem tem um amor para compartilhar...

Saber que um dia pode amar...
Porque amar é amar.
Amar só eu te amo
Passe o tempo que passar.

Nós vamos nos amar.
Se a amor verdadeiro...
Jamais a de acabar,
Almas gêmeas a se guiarem.
Nos mesmos planos sempre estão...
E nos mesmos rios a mergulhar.
Lucia Barros.

3 comentários:

  1. AMOR DE ALMAS GEMEAS ,COMO É BOM AMAR.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo !!Amar sem pensar e sem precisar falar ,,, a reciprocidade é tudo ... Outro poema maravilhoso ,,,amei querida poeta mtos parabéns.
    Beijinhos .

    ResponderExcluir