segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Cheiro de cravo


 Cheiro de cravo.

Tem o cheiro do cravo
É da flor masculino.
Invade o  meu corpo
E em fortes abraços
Que em ti me calo.
Só quero nos ver feliz!
E  isso me basta.

Liberta o meu coração
Porque em você me enxergo
E na menina dos seus olhos
Correm rios de águas...
Vivendo nossas emoções...
Nossa paixão e amor
É só eu e você agora.

Lucia Barros.







Nenhum comentário:

Postar um comentário