sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Você



Você

Por que tudo é nada sem você?
Completo, tudo seria com você.
Olharia no horizonte com alegria
E juntos poderíamos o lindo mundo ver.
Porque só penso em você.


Sempre ao amanhecer sento-me a mesa, só...
Porque falta você
E nas caminhadas...
Procuro querendo te ver.


E se o dia é chuvoso...
Queria me molhar com você
Brincar...
Abraçar...
Beijar você.

E se o sol esta quente 
Na praia íamos nos divertir...
Mas sozinha com você
Admirar o mar...
Pegar as conchas...
Nas ondas nos envolver.


Vai entardecendo e ao assistir;
No sofá me vejo com você.
Ao olhar os quatro cantos da casa
É tudo vazio
Enquanto você viaja
Eu viajo em você...


A cama enfeitada no quarto está tão bonita
Queria me deitar com você...
Deitar agarradinha e acordar ao teu lado.
É só você que pode me preencher.


Lucia Barros.

5 comentários:

  1. Ah! o amor me deixa enebriada com a beleza...
    E você poetisa fala com tanta certeza e com tanta nobreza da Alma que me deixa levitando.
    Continue por favor com versos de Amor só assim as poesias e o Amor sobreviverá.
    Beijo teu talento e agradeço... obrigado.

    Sol Holme.

    ResponderExcluir
  2. NO VAZIO

    AH... AMOR...
    DEIXA ME ENBRIAGADO
    COM A BELEZA DESSE AMOR!

    SE É QUE UM BEBADO
    NAO TEM NEM ONDE CAIR
    MAS, SE É QUE:
    EMBRIAGADO PELO O TEU AMOR!!!

    SERÁS QUE VAI DEXAR-ME
    CAIR NO RELENTO TERREO
    DA MADRUGADA VAZIA?
    SE É QUE NAO É ELA QUE-O ESPERO!

    MADRUGADA VAZIA!?
    EH... QUE SINA TROUXE EU
    DE BRAÇOS ABERTOS Á FLOR
    E FUI PREGADO NA CRUZ
    DE UM VAZIO
    E QUE NAO FOI O SEU AMOR

    CICERO LOPES

    ResponderExcluir
  3. Gostei do blog! Vou seguir!

    escrita-fina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Sempre ao amanhecer sento-me a mesa, só...
    Magnifico ambiente, lindas palavras parabéns.

    ResponderExcluir