sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

A cada aurora matinal




A cada aurora matinal

Aonde Deus me levar...
Andarei eu cantando e sorrindo
Ainda que chorando...
Mesmo que triste ou feliz...
A vida tem que ser vivida
E o sentimento é para sentir.

Porque só quero cumprir o destino
Da missão de permissão "Divina"
Daquele que me criou
E me fez progredir
No amor...
A cada aurora matinal
E em todo porvir.

Lucia Barros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário