segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Atraente, fomos envolventes.



Atraente, fomos envolventes.

Em meio as serenas inspirações
Soltas, libertas
E infinitas sob o nosso ser, carente
Um fogo calientes.

Com os corações que bateram, efervescentes
Mais valeu...ilusão docente,somente
E o nosso amor que cresceu


Voando, pousando...
partindo...
Voltando,
Serenos,apaixonados
Meio quê doentes
E intransigentes.


Momentos mais, muito mais
Que eloquentes...
Dançante que fui
que fostes...
Deliberando, poemas
Do nosso amor
Atraente, fomos envolventes.


Assino:
Poema de poeta Lucia Barros
(Direitos autorais Reservados):Eu

a Maria Lucia de Barros Gomes.

Exceto a imagem que é do google.

Nenhum comentário:

Postar um comentário