quarta-feira, 27 de maio de 2015

Voe, voe como uma borboleta


                                                                                
Voe, voe como uma borboleta

Voe,voe como uma borboleta
Aonde sentir de voar...
Sinta a presença...
De tudo que há de bonito 
E respire o bom ar.
Voe, mais voe bem 
Imaginando que está batendo as asas
Nos bons lugares...
Seja na terra,ou por cima dos lagos
Córregos, mares e lares. 

Imagine-se como borboleta-furta-cor,
Borboletas coloridas...
Sentindo os aromas florais 
Voando sobre as ervas...
Alimentando-se dos frutos doces                         


Há como é bom imaginar.  
Alegra os teus lábios com sorrisos
Na paz, vai sempre se encontrar...
Aonde os teus pés, pisarem...
Pise, firme, com humildade,
generosidade e amor.

É uma menina mulher
Cheia de imaginação...
Voe, voe como uma borboleta 
Na sua própria, sintonia...
Faça alto o seu cantar
Porque a alegria
Vem do seu ar.
 
Lucia Barros.

Direitos reservados a:Poeta Maria Lucia de Barros Gomes
Exceto a Imagem do google, tirada da internet.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário